Pessoas confiantes se conhecem o suficiente para saber suas forças e dificuldades. E a cada dia que passa, se fala mais na importância de desenvolvermos essa autoconfiança e na capacidade que essa característica tem de nos levar além em nossos planos e nos tornar pessoas mais plenas, seguras e realizadas.

A autoconfiança interfere diretamente nas nossas decisões e na forma como organizamos e executamos nossos projetos. Mas o que torna alguém autoconfiante de fato? Abaixo, confira as características essenciais dessas pessoas.

Elas investem em si mesmas

Quem entende a importância da autoconfiança não hesita diante da oportunidade de descobrir aquilo que gosta ou não, quais seus pontos fracos e fortes, seus defeitos e qualidades. Elas sabem que devem ser a pessoa que mais sabe a respeito de si mesma e busca caminhos para essa descoberta, sempre sem medo de pedir ajuda.

Elas trabalham em seu próprio desenvolvimento

Pessoas autoconfiantes, após identificar pontos altos e baixos de suas habilidades e atitudes, vão em busca da resolução para o que precisa ser melhorado. Por exemplo: a sua timidez o impede de alcançar o sucesso profissional? Com o acompanhamento de um profissional, você será capaz de identificar onde esse traço de sua personalidade compromete sua postura. Está na forma como você fala? em sua linguagem corporal? Na sua insegurança?

Tudo isso pode ser melhorado. Afinal de contas, lembre-se: autoconfiança e timidez são coisas diferentes.Você pode ser uma pessoa introspectiva, que não gosta de exposição, e ainda assim ser confiante a respeito de si mesmo.

São pessoas que oferecem ações, e não reações

Diante de uma situação desagradável, conflituosa ou desafiadora, os autoconfiantes não reagem, mas agem. Isso acontece muitas vezes porque eles estão mais preparados e encaram a vida com menos temor. São pessoas que conseguem se antecipar às adversidades e estão sempre a postos para encarar problemas de frente. Assim, quando diante de uma situação difícil, os autoconfiantes já estão prontos para encontrar uma resolução, em vez de gastar tempo e energia com a reação.

Os autoconfiantes são proativos

O mesmo medo que cria barreiras na hora de agir em vez de reagir é o que impede que mostremos proatividade, principalmente na vida profissional. As pessoas autoconfiantes não perdem tempo pensando se suas ideias serão ou não aceitas, que serão ou não julgadas. Elas vão lá e fazem, antes de todos, mostrando eficiência e iniciativa.

E sim, às vezes elas erram. E aí está o pulo do gato: para elas, tudo bem. Os autoconfiantes não fazem do erro um grande monstro, mas o encaram como uma oportunidade de automelhoramento.

Acredita que uma boa dose de autoconfiança poderia lhe ajudar a alcançar seus objetivos na vida? Você sente que a sua insegurança impede movimentos importantes que você precisa fazer rumo ao sucesso e satisfação? Lembre-se: aqueles que acreditam em si mesmos não hesitam em pedir auxílio.

O coaching é uma excelente ferramenta para quem está em busca da autoconfiança. Entre em contato e saiba mais sobre como podemos lhe ajudar.