Método auxilia atletas e equipes a driblarem a pressão das competições.

Fácil é estar do outro lado, de casa ou na arquibancada, entre vaias e aplausos, torcidas e vibrações, críticas e elogios. Mas e quem dá “a cara à tapa”? Como ficam os aspectos psicológicos e emocionais dos atletas, sejam quais forem os esportes que praticam? Desgastes físicos, pressões, derrotas, adversidades, a busca pelo melhor lugar no pódio e desafios diários povoam a mente de competidores incessantemente. E é preciso ter discernimento e sabedoria para lidar com esse mix de sentimentos.

O coaching esportivo é uma das ferramentas mais eficazes para orientar e conduzir atletas e equipes em um ramo de tamanha competitividade. Trabalhando com questões relacionadas ao desenvolvimento profissional, pessoal, emocional, social e físico, é um método que auxilia a lidar com vitórias e derrotas sem interferir no desempenho.

Com origem no próprio esporte, o coaching enquanto técnica surgiu na década de 70 e é muito utilizado em outros segmentos. Já o coaching esportivo é fortemente empregado como ferramenta de otimização de atletas por todo o mundo. Sua aplicação é baseada na teoria da inteligência emocional do psicólogo Daniel Coleman, PhD pela Universidade de Harvard. Para ele, as emoções têm papel determinante no desempenho individual. Por esse motivo, equilibrar corpo e mente torna-se imprescindível para alcançar o sucesso durante as práticas esportivas.

Benefícios do coaching esportivo

Treinamento e preparação física trabalham o corpo do atleta. E a quem cabe cuidar da mente? Ao coaching esportivo!

Os benefícios são vários:

- Motivação;

- Inteligência emocional;

- Melhora na performance nas competições;

- Aprimoramento do trabalho em equipe;

- Ampliação do comprometimento com os resultados;

- Desenvolvimento de mais foco e disciplina;

- Capacidade de adaptação e de rapidez na tomada de decisões;

- Delimitação de prioridades;

- Otimização de tempo e mais organização;

- Autoconhecimento e autodesenvolvimento contínuos.

Em busca de vitórias

Você deve estar se perguntando: “mas não cabe ao técnico esportivo lidar com estes aspectos e motivar a equipe?”. Em partes. Embora tanto o treinador quanto o coach objetivem aprimorar o desempenho de sua equipe/cliente, cada um trabalha de maneira distinta e por isso não devem ser confundidos.

Um treinador preocupa-se em transferir a sabedoria tática do esporte em questão. Por outro lado, o coach esportivo atua nos aspectos inerentes ao desenvolvimento pessoal, social e intelectual dos atletas com uma metodologia que contempla uma série de campos do conhecimento, como a psicologia esportiva e a programação neurolinguística aplicada, sempre com foco na potencialização da performance dos atletas e da equipe.

Não é só na hora do incêndio

Engana-se quem pensa que o coaching esportivo deve ser uma técnica para o momento de crise, quando há a famosa corda no pescoço. As pressões no esporte acontecem nos bons e maus momentos. Por isso, atuar no decorrer da carreira dos atletas, assessorando-os na busca pelo equilíbrio emocional é uma estratégica extremamente assertiva na busca pelo sucesso.

Trabalha com esporte e precisa dar aquele gás no rendimento? Converse conosco. Vamos descobrir juntos como potencializar seus resultados dentro e fora de campo!