Você tem a sensação de que está sempre economizando e, ainda assim, nunca consegue se livrar das contas? Embora tenhamos a sensação de que, mentalmente, está tudo organizado, nos surpreendemos muito ao ver para onde vai nosso dinheiro.

A melhor forma de colocar as coisas nos eixos em sua conta bancária é por meio de um poderoso planejamento financeiro. Com ele você conseguirá visualizar com o que está gastando em excesso, a que poderia dedicar um pouco mais de dinheiro e será capaz de fazer aquela tão sonhada reserva.

Abaixo, confira 10 dicas que o ajudarão fazer um planejamento financeiro que tornará tudo mais fácil para o seu bolso em 2019.

1. Entenda suas finanças pessoais

Como você consome? Para alguns, é fácil construir uma reserva ou dedicar o dinheiro à investimento; para outros, é uma missão impossível. Para começar, faça uma análise sincera sobre quanto você ganha e quanto gasta.

2. Defina seus objetivos

O que você realmente quer? Trace seus objetivos e coloque-os no papel. Talvez você não consiga alcançar todos em 2019, mas é importante saber o motivo de você estar fazendo um planejamento financeiro detalhado.

3. Seja realista

Não adianta ter como meta acumular R$ 200 mil até o fim de 2019 se o seu salário é R$ 2.000. Seja realista em seus objetivos e vá atrás do possível. O importante é alcançar o equilíbrio financeiro.

4. Anote tudo

Para ter controle de suas finanças e dar início a um bom planejamento, você precisa adquirir o hábito de anotar tudo. Fez uma compra na farmácia? Anote. Gastou no mercadinho da esquina? Anote. Para planejar, você precisa dispor de dados.

5. De olho no banco

Seja responsável em relação a sua conta bancária. Não deixe tudo a critério de seu gerente. Analise sua movimentação bancária e faça questionamentos. Entenda melhor suas entradas e saídas.

6. Ajuste seu modo de vida

Onde você está se excedendo? É importante analisar se o seu salário dá conta do seu atual padrão de vida. Será que algo pode ser cortado ou ajustado momentaneamente? Faça uma análise sem medo.

7.Compare preços

Fazer uma comparação de preços e jamais comprar por impulso é um aspecto importantíssimo de um bom planejamento financeiro. A internet está aí para ajudar – há inclusive sites que fazem isso por você.

8.Aprenda a poupa.

Embora pareça óbvio, você precisa ter em mente que deve gastar menos do que ganha. Não adianta planejar um grande ano começando no vermelho. Mude hábitos, ajuste seu padrão de vida. Poupar é imprescindível.

9. Aprenda a investir

Uma vez que você poupou e possui dinheiro sobrando no fim do mês, precisa saber onde colocá-lo. Há muitas opções no mercado, das mais conservadoras às mais ousadas. Informe-se e descubra onde é inteligente colocar seu dinheiro.

10. Busque ajuda

Se você não está conseguindo se organizar para poupar, se mesmo com um ótimo planejamento e toda contenção possível você não parece conseguir se organizar, busque auxílio. O coaching, por exemplo, é uma excelente ferramenta para colocar sua vida nos trilhos, e isso sem dúvida passa pelo planejamento financeiro.